Categorias
Comportamento Pesquisa

O Brasil no ambiente digital

A Brazil at Silicon Valley, conferência organizada por estudantes brasileiros nos Estados Unidos, disponibilizou um relatório muito completo e atualizado sobre o cenário do nosso país, com relação ao ambiente digital. Na primeira edição do Brazil Digital Report, são encontradas informações sobre o perfil dos ~internautas~, como também dados sobre o mercado de internet e startups tupiniquins.

Categorias
Comportamento Comunicação Empreendedorismo Inspiração

Vida longa e próspera aos creators!

we-love-creators-youpix

Youtuber? Snaper? Instagramer? Viner?

Hein? Que porra é essa?

Assim como a profissão de Blogueiro (Blogger), que surgiu no início dos anos 2000, hoje encontramos também denominações específicas como estas para os criadores de conteúdo (Creators). O cara que cria conteúdo de modo profissional para o YouTube, é chamado de Youtuber. A menina que cria de forma profissional para o Instagram, é Instagramer e assim por diante. 🙂

Categorias
Comportamento Empreendedorismo

Startups a favor da Neutralidade da Rede

marcocivil

Já imaginou ter que pagar um valor diferenciado para consumir o conteúdo de determinada social ou até mesmo algum serviço online? Ou seja, ao invés de você pagar ao seu provedor de internet um valor fixo por mês para ter acesso a qualquer site ou plataforma web, você compra pacotes de internet, como os que as empresas de TV a cabo oferecem. Nada legal, né?

O polêmico e aprovado Marco Civil (Lei 12.965), dentre suas possibilidades, conta com uma regra que permite “priorização paga” da internet. Sendo assim, que pode pagar mais pelo serviço terá vantagem sobre os demais que não podem. Totalmente a favor da Neutralidade da Rede, onde o acesso ao conteúdo e serviços é igualitário, a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) está comprometida em garanti-la.

Categorias
APP Comportamento Tecnologia

“Meu Smartphone, Minha Vida”

meu_smartSão 06h50. Toca o primeiro despertador. Que saco! Antes mesmo de levantar da cama, “caço” o smartphone e a partir dele checo os e-mails recebidos, além das mensagens do meus amigos no WhatsApp. Após alguns breves cochilos, levanto, e enquanto me troco faço um acesso ao Busão Curitibano para verificar se o ônibus que utilizo está a caminho. Durante o trajeto – com duração aproximada de 30 minutos – ouço minha playlist e aproveito para saber o que está rolando na web, através do Twitter. Chegando ao escritório, abro o Foursquare e faço o primeiro check in do dia para indicar que já estou no trabalho.